sábado, 11 de dezembro de 2010

O meu conto de fadas

Dia desses, eu estava lendo no blog da Bárbara (http://barbaranonato.wordpress.com) , um post muito bacana que me chamou atenção. Ela falava de personagens infantis, de identificações. No fim perguntava  com  qual personagem as pessoas se identificavam. Maravilhosos os textos da minha amiga. e os comentários também. Fiquei pensando, pensando, eis a minha conclusão: (kkk)

O meu conto de fadas


Poderia ser Branca de Neve,
Já comi maçã da vida envenenada
Que me fez adormecer tão encantada
Acordei, o meu sonho foi tão breve...

Poderia ser, quem sabe, Cinderela
tentando alcançar seu ideal
Não tenho um sapatinho de Cristal
Não gosto de balada como ela

Pensei: e se eu fosse a Chapeuzinho,
tentando levar doce a algum doente?
Porém, se o Lobo aparecesse na minha frente
não deixaria alguém fazer mal pro bichinho

Refleti sobre a Bela Adormecida
Só dorme, é quieta e não tem pressa
Meu tempo não pára, anda depressa
e tenho minhas noites mal dormidas

Lembrei da pequenina, a  Sininho
Mas há quem não acredite em fadas
E eu não poderia fazer nada
Se ninguém batesse palma em meu caminho

Recordei-me da personagem Bela
Que conseguia ver na fera uma beleza
Mas vivia trancada! Que tristeza!
seu castelo na verdade era uma cela

Alice no país das Maravilhas
Adoraria viver no mundo dela
Mas a Rainha de Copas tem sequelas
E seus guardas, essa vil mulher humilha

Procurei, tentei... não achei nada
Então apertei forte o travesseiro
Acho que vou escrever  meu roteiro
e criar meu próprio conto de fadas

16 comentários:

  1. Ahhhhh! Que bela !!!
    Não importa qual delas,seria sempre você mesma , uma pessoa que realmente encanta, que vive como uma verdadeira princesa , sonhando com seu principe encantado e superando sempre os obstáculos para criar um mundo encantado, um mundo que nunca é só seu,onde todos os seres transpiram alegria e vida harmonioza, não é a toa que vive num mundo cor de rosa.
    Amo você..
    Beços...

    ResponderExcluir
  2. Que graça!
    Voce ja tem um conto de fadas, cheio de beleza, confusão, as vezes tristeza, mais no final voce sera feliz pra sempre, é o que eu desejo de coração pra voce Fofa! Voce tem se mostrado linda, não so por fora, mais por dentro também.
    Suuuuuuuuuper beeeijo!

    http://cfsarinha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Boas histórias para recordar! Eu adoraria ser o Peter Pan, assim poderia voar com bons pensamentos, e seria uma eterna criança!

    Adorei a brincadeira Carol! Ou deveria dizer... Princesa Carol? =)

    FUUUUUUUUUUUUUUUUU!!!!!!!!! (assoprando!!! rs)

    ResponderExcluir
  4. Era uma vez uma menina Fofinha e muito amiguinha das outras pessoas que foi crescendo, e crescendo até que virou adulta. Mas no seu mundo adulto ela ainda tinha um coração bondoso e seu mundo era cor de rosa! Ela sabia que no mundo lá fora as cores negras, roxas e vermelhas sangue existiam, mas ela não deixava essas cores mancharem o seu mundo, e por isso apesar de crescida ela ainda continuava Fofa, porque ela trazia alegrias para as pessoas a quem ela conhecia... Alegrias e muita fofura!!!

    ResponderExcluir
  5. Era uma vez uma garota que vivia num mundo cor de rosa. Todos os dias ela pegava um sininho e badalava, badalava...Das badaladas saíam sorrisos, abraços, alegria, fantasia, amor e felicidade. Ao ouvir as badaladas, os que estavam a sua volta corriam para pegar a primeira fila na plateia do seu mundo encantado.
    E ela acolhia a todos, incondicionalmente. Se vinham vestidos de espinhos, ela oferecia rosas, se vinham vestidos de tristeza, ela oferecia sorrisos, se vinham vestidos de solidão, ela oferecia companhia, se vinham vestidos de lágrimas ela era o próprio lencinho...
    Mas a garota saía do conforto do seu mundo cor de rosa e ia resgatar os que, por algum motivo, não podiam estar na beleza do seu mundo.
    Então, enfrentava noites escuras e convivia com as mazelas da humanidade. E a garota enxugava lágrimas, distribuía alegria, cantava canções de amor... e encantava a todos que estavam desencantados com a vida.
    E de volta ao seu mundo cor de rosa dava uma pincelada ao seu redor, com cores que tinha visto lá fora. E a cada dia seu mundo cor de rosa ia ganhando a dimensão de um arco-íris
    E assim ela foi pintando de cores seu mundo, a vida e o mundo de infinitas pessoas . E não tinha como não ser feliz para sempre! E a história continua...

    ResponderExcluir
  6. Oi Carol (corrigido) rs. Eu também li esse post no blog da Barbara. Eu disse lá que eu pareço o Pedrinho do Sitio do Pica Pau amarelo, ou o PeterPan. E magnifico o poema. Aliás no pensamento a gente pode ser o que quiser basta ser. Beijo

    ResponderExcluir
  7. Que distração a minha te chamar de Betty. É que eu tinha acabado de sair do blog de uma pessoa chamada Betty. Rs.. Sorry.

    ResponderExcluir
  8. Quantos reflexos encontrados quando miramos o espelho da alma, não é? Inúmeras descobertas, questionamentos vastos e em algumas vezes até mesmo soluções. Quantas vidas em uma só vida somos capazes de viver?! Muitas! Basta deixar fluir...

    Sejamos sempre mais. E ainda mais sempre!

    Feliz por ter servido de inspiração. Adorei!

    ResponderExcluir
  9. Oi, fofaaaa!
    Q delícia seu blog!
    Bjsss!

    ResponderExcluir
  10. Acabei caindo de paraquedas no seu blog e já me deparei com um poema de conto de fadas! Adoro!
    Estou muito envolvida com esse tema, pois penso em escrever um livro diferente sobre esse mundo alternativo ahahaha muito bom!

    Beijosss!

    ResponderExcluir
  11. Oi Carol,
    Adorei o poema sobre o conto de fadas! Lindo.
    Bjkas e um ótimo final de semana para vc.

    http://gostodistonew.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Escrever é tudo de bom, paz beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  13. Adorei os contos de fadas dos comentários tb. O da Maria Helena é sua cara Carol! =D

    ResponderExcluir
  14. Oi querida...

    Você é próprio conto de fadas, todos eles em um só, assim é você basta te ler.Nem importa se é uma rainha, princesa ou fada, o mais importante é que com este teu jeito cativante você é amada. É a mais pura essência do encatamento, onde mistura com graça amor,solidariedade e sentimentos. Nos faz viajar, sem tirar os pés do chão,e mesmo que você não quisesse,me encatou e agora mora no meu coração.
    Beijos e bom final de semana...

    ResponderExcluir
  15. Prima, PARABÉNS..
    Ainda não tinha visitado seu blog, mas li apenas dois posts e já fiquei maravilhada...
    Você é sensacional, parabéns!!!
    Beijossssssss


    fê aqui

    ResponderExcluir
  16. hahaha! Adorei esse!!!! Menina, como você escreve bem! Consegue escrever com muita simplicidade e ao mesmo tempo MUITÍSSIMO bem! Parabéns mesmo!

    ResponderExcluir