sábado, 18 de dezembro de 2010

Timidez

Na garganta, a frase entala
asfixiando a liberdade
Escondendo a identidade
Move os lábios, nada fala

Tudo em volta é alegria
a palavra se escondeu
A língua desapareceu
Silêncio se fez companhia

Música alta tocando
Amigos confraternizando
e a voz não se pronuncia

Queria também estar dançando
Brindando, falando, brincando
Tentava, mas não conseguia...

18 comentários:

  1. O texto é lindo, mas não podemos deixar a timidez impedir nada! O negócio é meter a cara e seja o que Deus quiser! hahaha
    Bj!

    ResponderExcluir
  2. Quando somos impedidos pela timidez é terrivel, temos medos de nos relacionar, achando que somos menos que os outros...

    O seu poema retrata muito bem isso, Fofa.

    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. é a timidez é assim mesmo...movemos os lábios e nada falamos, tentamos e não conseguimos!
    Adorei o poema!
    se quiser, conheça meu blog de arte obscura http://artegrotesca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Se o comentário é seu, nem preciso escrever né? Você já sabe.

    Lindos versos. Bjo bb.

    ResponderExcluir
  5. Ó mocinha, eu sei bem o que é entalar na garganta vontades ferventes, fica um nó cego dado no andar das coisas da vida, sou tímida também...
    Amei seu blog, passo a segui-lo.

    ResponderExcluir
  6. Mais uma bela definição da maldita timidez.

    Para meus amigos blogueiros
    Vai meu abraço fraternal
    Amigas e amigos Brasileiros
    Eu vos desejo um feliz Natal

    descendo de um nobre povo
    neste cantinho do mundo
    desejo-vos prospero Ano Novo
    felicidade amor e saúde

    espero contar sempre consigo
    neste ano que vem já ai
    será um prazer amiga e amigo
    eu estarei sempre por aqui

    Um beijinho,
    José.

    ResponderExcluir
  7. Minha querida fofa, suas poesias são a imagem da empatia. Você sabe de uma maneira espetacular, a partir do seu eu fazer uma leitura do que está nas entrelinhas das pessoas que passam no seu caminho. Não é por acaso que você quer ser Psicóloga. Para mim, o dom que você tem é imprescindível no exercício dessa profissão.
    Fico impressionada como você tem um olhar diferenciada para ler o cotidiano! Parabéns, amiga! Não há como entrar aqui e não me emocionar! Somos do mesmo lugar onde mora a sensibilidade. Bjs

    ResponderExcluir
  8. Sei o que é isto, sofro deste mal
    chama-se tristeza.
    Abraços
    Bom fim de semana
    izil

    ResponderExcluir
  9. vim conhecer o seu blog e adorei
    mto fofo o blog da fofa...rs
    Parabéns

    Aproveito para deixar uma mensagem
    :)

    O Natal simboliza nova vida,
    Pois nele comemoramos o nascimento do Homem
    Que modificou a nossa maneira de ver o mundo.
    Trazendo-nos amor e esperança.
    Que neste natal sejam confraternizados todos os desejos
    De um mundo melhor.
    Que Deus lhe abençoe trazendo saúde, alegria e realizações.
    Feliz Natal e um Próspero Ano Novo!

    ResponderExcluir
  10. rolou uma simbiose com seu soneto!
    A timidez é mesmo uma bolha, uma massa que parece conter os movimentos, todos eles. os baços se movem mais devagar, as pernas travam e até o sorriso sai meio amarelo. O timido imagina que todos seus atos serão repreendidos mas sem perceber repreende a si mesmo.

    ResponderExcluir
  11. Eu sou um bocadinho tímida, de uma timidez controlada, mas ainda assim, tímida.
    Meu marido vive me chamando a atenção por eu falar pouco. Falo pouco mas sou boa ouvinte...
    Bjkas e um ótimo final de semana para vc.

    http://gostodistonew.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Será que uns 3 copinhos de batida de vinho não resolveriam esse problema???

    ResponderExcluir
  13. Às vezes a timidez nos impede de enxergar a felicidade que muitas vezes está tão perto de nós.
    Pense nisso e comece a observar mais atentamente.
    Quem sabe????
    Deus estará contigo amiga.
    Zilhões de beijos.

    ResponderExcluir
  14. Não creio !!!kkkkkkkkkkkkkk
    Para que tanta timidez?

    "Vontade de agradar e medo de não conseguir, eis o mistério da timidez." (Mendonça Tremont)

    Vontade de agradar??? Sim, sim , mas, medo de não conseguir ?? É ruím,hein??
    Basta ler seus versos e dificilmente pode estar classificada entre os que não conseguem agradar.
    Te amo e você me agrada sempre.
    Beijokas..

    ResponderExcluir
  15. Oi Carol..
    Como sempre explicando poeticamente através de sentimentos dificuldades
    que o ser humano passa, parece conhecer a fundo a alma das pessoas.Belo soneto...
    Beijos e bom final de semana.

    ResponderExcluir
  16. Isso me fez lembrar taaaaanto os 8 anos que estudei num colégio enorme, perto da minha casa.... Foram 8 anos de muita agonia, pois não conseguia conversar com ninguém e nem fazer amigos. Acabei me fechando muito nesse época e confesso que fiquei com alguns poucos traumas. Mas já os superei quase todos!

    ResponderExcluir
  17. Eu entendi até de que situação se trata seu post...
    Mesmo tímida nós te adoramos querida!
    Bjusss Fofa...

    ResponderExcluir
  18. *_* tenho me sentindo assim ultimamente :D

    ResponderExcluir